domingo, 27 de fevereiro de 2011

Jogadores valorizam adversário em vitória conquistada no último minuto


Os jogadores do Cruzeiro valorizaram muito o time do América-TO, depois da vitória por 2 a 1, neste sábado, em Teófilo Otoni. O adversário jogou com um homem a menos durante quase todo o segundo tempo e mesmo assim deu muito trabalho ao Cruzeiro, além de ter tido um gol anulado pelo árbitro Émerson de Almeida Ferreira, em lance polêmico.

“Superamos a adversidade, prevíamos um jogo difícil e foi o que aconteceu. O campo não estava em boas condições e mesmo assim conseguimos vencer. No final houve a recompensa. Nós sabíamos da dificuldade que iríamos encontrar. Graças a Deus conseguimos fazer o gol no sufoco, no fim do jogo. Campeonato Mineiro é assim, jogo pegado, correria, graças a Deus conseguimos vencer”, comemorou o zagueiro Gil.

O atacante Thiago Ribeiro valorizou a força do elenco do Cruzeiro. Ele entrou no segundo tempo, no lugar de Wellington Paulista, e deu mais movimentação ao ataque. Para ele, o gol no último minuto coroou o esforço cruzeirense, mesmo que tenha sido marcado contra, pelo zagueiro Rodrigo Sena, do América-TO.

”O gol foi contra, mas tenho a impressão que, se o zagueiro não tenta tirar a bola, o Farías estava atrás para fazer o gol. De qualquer forma o gol ia sair. O importante foi que criamos jogadas. Perdemos duas chances claríssimas e pecamos nisso. Depois que o jogador do América foi expulso, erramos e foi esse desespero até o final, corremos perigo, mas mantivemos a calma e fizemos o gol no fim”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário