domingo, 27 de fevereiro de 2011

Sem torcida, Funorte não passa do empate por 1 a 1 com a Caldense

Funorte e Caldense empataram por 1 a 1, ontem à tarde, no Estádio José Maria Melo, em Montes Claros. O resultado foi ruim para as duas equipes, que fazem más campanha no Campeonato Mineiro, mas pior para o time da casa, em penúltimo lugar na competição e correndo o risco de cair para a lanterna, caso o Ipatinga vença o Democrata, neste domingo.

A partida foi disputada sem a presença da torcida, uma vez que o laudo da estrutura de engenharia do estádio, elaborado pelo Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura de Minas Gerais (CREA-MG), não foi emitido a tempo para que o Ministério Público liberasse a entrada dos torcedores.

Precisando da vitória, o Formigão começou o jogo com muita movimentação no ataque. Logo nos minutos iniciais, teve boas chances de gol com Dandão. Com o jogo aberto, o Funorte acabou possibilitando boas oportunidades de jogadas de contra-ataque por parte do adversário. E a Caldense soube aproveitar desta situação.

Aos 18, a equipe visitante criou uma boa jogada com Chimba, que chutou forte e obrigou o goleiro do Formigão, Rafael Barrios, a fazer boa defesa. Aos 35min, a Caldense abriu o marcador. Lúcio partiu pela esquerda e cruzou para a área, à meia altura. O atacante Luisinho, mesmo com 1m60, cabeceou entre os zagueiros do Funorte. A bola entrou no canto esquerdo do gol de Rafael Barrios.

Necessitando reverter o placar de qualquer maneira, o técnico do Funorte, Wagner Oliveira, no intervalo fez várias mudanças, tirando um zagueiro (Anderson Mendes) e colocando um meia atacante (Gabriel). O time voltou mais ofensivo na segunda etapa, jogando, principalmente, pelo lado direito. Desta forma, a equipe da casa conseguiu empatar aos 9min do segundo tempo. Peter entrou na área, dribou o zagueiro e tocou para o atacante Dandão, que, na frente do goleiro, teve apenas o trabalho de tocar para o fundo das redes.

O Funorte continuou atacando, mas não conseguiu chegar à meta adversária. Além disso, a Caldense teve uma grande chance para fazer o segundo gol, com uma falta a seu favor na entrada da área. Jardel cobrou e a bola bateu na trave direita do goleiro Rafael Barrios. O Funorte ainda teve um gol anulado no fim da partida, por impedimento.

Funorte 1 x 1 Caldense

Funorte
Rafael Barrios; Anderson Silveira, Binho, Vinícius, Anderson Mendes (Gabriel) e Stanley (Cristiano); Marcelino, Toto, Peter; Dandão (Caio Vilela) e Wallisson Mineiro
Técnico: Wagner Oliveira

Caldense
Gleisson; Ivo (Robinho), André Alves, Rafael Dias e Márcio Loyola; Vieira, Maxuel, Chimba e Jardel (Flavinho); Lúcio Bala (Neto Potiguar) e Luisinho
Técnico: Paulo Cézar Catanoce

Gols: Luisinho aos 35min do 1º tempo e Dandão aos 9 min do 2º tempo
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Assistentes: Adenílson Alves Teixeira e Marcelo Francisco dos Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário