segunda-feira, 21 de março de 2011

Cruzeiro joga em ritmo lento, mas derrota Funorte e abre vantagem na liderança

Vitória por 3 a 0 coloca Cruzeiro bem próximo da semifinal do Campeonato Mineiro


O Cruzeiro jogou em ritmo de treino diante do Funorte, neste sábado, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, mas não encontrou dificuldades para derrotar o lanterna do Campeonato Mineiro por 3 a 0, com gols de Wellington Paulista, de pênalti, e Thiago Ribeiro (2).

Com o triunfo na sétima rodada do Estadual, o Cruzeiro chegou aos 19 pontos e abriu três de vantagem sobre o rival América, derrotado por 3 a 1 para o América-TO na sexta-feira à noite. O resultado praticamente assegurou a equipe cruzeirense nas semifinais.

No próximo domingo, em Varginha, no Sul de Minas, o Cruzeiro enfrentará justamente o América, segundo colocado, e poderá sacramentar a sua passagem à próxima fase do Estadual.

Por sua vez, o Funorte passa a ter quatro jogos para tentar escapar do rebaixamento ao Módulo II em 2012. A equipe de Montes Claros somou apenas dois pontos em sete apresentações na elite.

Gol de presente


O Cruzeiro não teve um primeiro tempo inspirado diante de um Funorte que se defendeu como pôde para evitar uma goleada. Por mais que tenha controlado a partida todo o tempo, o time celeste teve raras oportunidades de gol, como aos seis, quando Thiago Ribeiro desviou a bola de cabeça na trave direita do goleiro Rafael.

O gol cruzeirense saiu de pênalti, aos 37 minutos, depois de uma falta infantil do experiente zagueiro Wellington Paulo sobre o atacante Wellington Paulista na grande área. O centroavante cobrou no canto direito e colocou os celestes em vantagem no placar: 1 a 0.

Melhora no futebol e no placar


O Cruzeiro voltou mais solto com Everton no lugar de Henrique e a superioridade ficou ainda mais evidente. Depois de grande chance com Thiago Ribeiro, aos cinco, o segundo saiu aos dez. Wallyson recebeu de Dudu, fez a assistência d e Thiago, com a meta aberta, apenas completou: Cruzeiro 2 a 0.

Apesar da vantagem, o Cruzeiro seguiu pressionando e com várias chances de ampliar. Aos 20 minutos, Wallyson pisou em falso, torceu o tornozelo esquerdo e acabou substituído por André Dias.

No Funorte, Dandão entrou no posto de Edenilson, que pouco fez.

Aos 29, o zagueiro Leo perdeu grande chance de ampliar após cruzamento perfeito de Gilberto. O cabeceio tocou na rede pelo lado de fora e enganou muitos torcedores, dando a impressão de gol.

Na sequência, Farías substituiu Wellington Paulista, novamente sem brilho.

O Funorte só assustou em chute de Dandão, aos 33 minutos.

No fim, o Cruzeiro se acomodou. O terceiro gol saiu aos 48 minutos graças a uma jogada individual de Dudu pela direita. Ele cruzou e o zagueiro cortou na trave. Na sobra, Thiago Ribeiro ficou livre para marcar pela segunda vez: 3 a 0. (UAI)

Cruzeiro 3 x 0 Funorte

Cruzeiro

Fábio; Pablo, Gil, Leo e Gilberto; Leandro Guerreiro, Henrique (Everton, intervalo) e Dudu; Wallyson (André Dias, 20min2ºT), Wellington Paulista (Farías, 30min2ºT) e Thiago Ribeiro.
Técnico Cuca.

Funorte

Rafael Barrios, Anderson Toto, Vinícius, Wellington Paulo e Cristiano (Fabrício, 9min2ºT); Binho, Marcelino, Diego Paulista e Ualisson Mineiro; Stanley (Caio, 32min 1ºT) e Edenílson (Dandão, 23min2ºT).
Técnico: Luiz Eduardo.

Motivo: 7ª rodada do Campeonato Mineiro
Estádio: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas
Data: 19 de março, sábado, às 16h (de Brasília)

Gols:
Wellington Paulista (Cruzeiro), 38min 1ºT, de pênalti
Thiago Ribeiro (Cruzeiro), 10min 2ºT
Thiago Ribeiro (Cruzeiro), 48min 2ºT

Cartão amarelo:
Wellington Paulista (Cruzeiro), 24min 1ºT
Stanley (Funorte), 30min 1ºT
Leandro Guerreiro (Cruzeiro), 1min 2ºT
Edenilson (Funorte), 5min 2ºT

Árbitro: Átila Carneiro Magalhães (CBF/FMF)
Auxiliares: Marcus Vinícius Gomes (CBF/FMF) e Mauro Antônio Ferreira Santos (FMF)

Pagantes: 3.641
Presentes: 5.006
Renda: 46.062,50

Nenhum comentário:

Postar um comentário