segunda-feira, 4 de abril de 2011

Cruzeiro chega à sexta vitória seguida e dispara na liderança do Mineiro

Time praticamente se garante como primeiro na fase de classificação do Estadual


O Cruzeiro estendeu a sua invencibilidade na temporada para 12 jogos, chegou à sexta vitória consecutiva e disparou na liderança do Campeonato Mineiro, com 25 pontos. Neste domingo, na Arena do Jacaré, a vítima celeste foi o Guarani de Divinópolis, goleado por 4 a 1 com gols de Gil, Montillo, Thiago Ribeiro e Wallyson.

Mais uma vez, o destaque cruzeirense foi o argentino Montillo, autor de um gol e de duas assistências. Ele comandou a reação do Cruzeiro no primeiro tempo, depois de o Guarani sair na frente, aos três minutos, com gol de Paulo César.

Com a vitória por 4 a 1, o Cruzeiro praticamente se garante como primeiro colocado da fase de classificação. O último compromisso do time nesta etapa será no dia 17, contra o Uberaba, no Triângulo Mineiro.

Já o Guarani continua com sete pontos e ameaçado de rebaixamento.

Montillo faz a diferença

O nome do jogo foi Montillo. Com duas assistências e um gol, o argentino comandou a virada do Cruzeiro sobre o Guarani. Ao balançar as redes, o craque tirou a camisa celeste e mostrou os dizeres “Fuerza Santi, papá te ama”, em homenagem ao filho Santino, de um ano, recuperado de uma crise de pneumonia.

Mas, embora o placar tenha sido favorável aos celestes, foi o Guarani que tomou a iniciativa. Logo no primeiro minuto, o lateral Carlos César penetrou sozinho na área e obrigou Fábio a fazer grande defesa para evitar a abertura do placar. Mas o gol saiu aos três minutos. O meia Luiz Fernando cobrou escanteio, Paulo César ganhou de Gil pelo alto e cabeceou no canto esquerdo: 0 a 1.

Aos poucos, o Cruzeiro acordou para o jogo e se impôs. O gol de empate saiu aos 20 minutos. Montillo cobrou falta da direita e Gil marcou de cabeça, redimindo-se da falha no gol do Guarani: 1 a 1.

Aos 22, a estrela de Montillo voltou a brilhar. Ele recebeu passe de Ortigoza na intermediária, arrancou em direção à área e disparou um chute certeiro no ângulo esquerdo do goleiro Fred: Cruzeiro 2 a 1.

Aos 25, Gilberto quase fez de cabeça, em nova assistência de Montillo. Mas, aos 34, o atacante Thiago Ribeiro se aproveitou de passe do craque argentino pela direita e apenas escorou na pequena área para aumentar a vantagem cruzeirense na partida para 3 a 1.

Aos 37, com Ortigoza, e aos 44, com Ribeiro, o Cruzeiro ainda quase ampliou.

Acomodação cruzeirense

O Cruzeiro voltou a campo com Everton e Diego Renan nos lugares de Marquinhos Paraná, contundido, e Gilberto. O Guarani se manteve inalterado.

O Cruzeiro teve sua primeira chance aos três minutos, quando Ortigoza recebeu assistência de Montillo e bateu sobre o goleiro Fred, em chute à queima-roupa.

O Guarani só deu trabalho a Fábio aos 12, em investida de Chico Marcelo. Nesse minuto, o técnico José Ângelo ainda trocou Robert por Tiaguinho no ataque. Aos 20, o goleiro cruzeirense voltou a trabalhar em falta cobrada por Luiz Fernando no ângulo esquerdo.

Aos 21, Cuca queixou sua terceira substituição no intuito de dar mais força ofensiva ao Cruzeiro. O velocista Wallyson entrou no lugar do paraguaio Ortigoza, que fez seu primeiro jogo como titular.

Aos 24, o auxiliar Júnior Antônio da Silva anulou gol legítimo do Guarani. O atacante Chico Marcelo penetrou em condição legal pela esquerda, bateu cruzado e mandou no canto esquerdo de Fábio. O árbitro Alício Pena Júnior confiou na marcação do assistente.

O promovido Wallyson transformou a vitória em goleada aos 29 minutos, depois de assistência de Everton. Ele foi lançado na área e bateu violentamente no canto direito do goleiro Fred: 4 a 1. (UAI)

Cruzeiro 4 x 1 Guarani

Cruzeiro
Fábio; Pablo, Victorino, Gil e Gilberto (Diego Renan, intervalo); Leandro Guerreiro, Marquinhos Paraná (Everton, intervalo), Montillo e Roger; Thiago Ribeiro e Ortigoza (Wallyson, 21min 2ºT).
Técnico: Cuca

Guarani
Fred; Carlos César (Cleberson, 36min 2ºT), Filipe, Michell Nunes e Fernando Bahia; Gilvan, Paulo César, Nilson Sergipano e Luiz Fernando (Michel Elói, 32min 2ºT); Robert (Tiaguinho, 10min 2ºT) e Chico Marcelo.
Técnico: José Ângelo.

Motivo: 9ª rodada do Campeonato Mineiro
Estádio: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas
Data: Dia 3 de abril, domingo, às 16h (de Brasília)

Gols:
Paulo César (Guarani), 3min 1ºT
Gil (Cruzeiro), 20min 1ºT
Montillo (Cruzeiro), 22min 1ºT
Thiago Ribeiro (Cruzeiro), 34min 1ºT
Wallyson (Cruzeiro), 29min 2ºT

Árbitro: Alício Pena Júnior (CBF/FMF)
Auxiliares: Júnior Antônio da Silva (FMF) e Naiderson Cristiano Izalino (FMF)

Cartão amarelo:
Thiago Ribeiro (Cruzeiro), 16min 1ºT
Montillo (Cruzeiro), 22min 1ºT
Filipe (Guarani), 24min 1ºT
Chico Marcelo (Guarani), 40min 1ºT

Pagantes: 5.098
Renda: R$ 76.702,50

Nenhum comentário:

Postar um comentário