quarta-feira, 4 de maio de 2011

Cruzeiro goleia de novo e vai com moral e vantagem para a decisão do Mineiro

O 11º triunfo seguido no ano teve gols de Edcarlos (2), Pedro Ken, Dudu e Farías


Com mais uma goleada, dessa vez por 5 a 1, o Cruzeiro confirmou neste domingo, na Arena do Jacaré, sobre o América-TO, a sua passagem à decisão do Campeonato Mineiro, quando terá como adversário o arquirrival Atlético. No jogo de ida, realizado em Teófilo Otoni, os celestes já haviam vencido por 8 a 1. O 11º triunfo seguido teve gols de Edcarlos (2), Pedro Ken, Dudu e Farías.

O zagueiro Rodrigo Sena descontou para a equipe do Vale do Mucuri.

Mesmo jogando com apenas dois titulares, o Cruzeiro foi amplamente superior ao adversário e mostrou entrosamento de equipe titular. A vitória avalizou mais uma vez a força do elenco.

Com essa nova goleada, o Cruzeiro vai à decisão com moral. O time dirigido por Cuca ainda terá a vantagem de jogar por dois empates ou vitória e derrota pelo mesmo saldo de gols, uma vez que fez a melhor campanha na fase de classificação do Estadual.

Vitória sai dos gols de Roger

Mesmo contando com apenas dois titulares, o Cruzeiro foi melhor no primeiro tempo e conseguiu envolver o América-TO com boas trocas de passes. Até os 15 minutos, três chances foram criadas, duas com o argentino Farías e uma com o paraguaio Ortigoza.

No entanto, os dois gols cruzeirenses saíram de jogadas de ‘bola parada’. Aos 17, Roger cobrou escanteio da direita, Pedro Ken escorou e o zagueiro Edcarlos completou para as redes: 1 a 0.

Aos 21 minutos, o meia Roger levantou a bola na área, em cobrança de falta, novamente pela direita, e o volante Pedro Ken marcou no canto direito de Fábio Noronha, após desvio de cabeça: 2 a 0.

Depois do segundo gol cruzeirense, o América-TO se arriscou mais e conseguiu marcar, também em lance de falta pela direita. Depois da cobrança, o zagueiro Rodrigo Sena se antecipou ao zagueiro e ao goleiro Rafael, que saiu mal pelo alto, e concluiu de cabeça: 2 a 1.

A partida perdeu um pouco de velocidade no primeiro do primeiro tempo e os times só voltaram a ter chances no fim. Aos 43, Roger recebeu passe de Farías e arrematou à direita de Fábio Noronha. O América respondeu aos 44, com chute perigoso de Bruno Barros.

Vitória se transforma em nova goleada

O Cruzeiro voltou a campo com Leandro Guerreiro no lugar de Marquinhos Paraná, que já tinha cartão amarelo. No América-TO, o goleiro Eládio substituiu Fábio Noronha, contundido no ombro.

O terceiro gol cruzeirense saiu após nova falta cobrada por Roger, da direita. Ele levantou na área e o zagueiro Edcarlos marcou o mais belo gol da partida, com um chute de voleio, no canto direito: 3 a 1.


Aos cinco minutos, o árbitro pernambucano Cláudio Luciano Mercante Júnior expulsou o lateral-esquerdo Bruno Barros, do América, por atingir o meia Dudu, do Cruzeiro, com uma bolada no peito. No mesmo lance, o jogador cruzeirense foi advertido.

O Cruzeiro seguiu soberano, tocando bem a bola e criando seguidas chances. Farías era muito acionado e acertou mais duas bolas na trave, uma em impedimento e outra após falta no goleiro Eládio.

Se não marcou, ao menos o argentino contribuiu com o gol mais bonito da partida, numa bela troca de passes de primeira na entrada da área. Na jogada iniciada por Dudu, a bola ainda passou pelos pés de Pedro Ken. Farías foi autor de assistência. Com o gol aberto, Dudu só teve o trabalho de completar para as redes de Eládio: 4 a 1.

Logo após o gol, Gilberto substituiu Roger no Cruzeiro. Henrique ganhou a vaga de Kássio no América. Instantes depois, o atacante André Dias substituiu o volante/meia Pedro Ken, que atuou bem.

Aos 29 minutos, Gilberto assustou o goleiro com chute na trave esquerda.

A vitória foi completada, com justiça, com gol de Farías, que lutou todo o tempo. Dudu fez jogada individual pela direita aos 44, cruzou na boca do gol e o argentino desviou com categoria: 5 a 1. (UAI)

CRUZEIRO 5 X 1 AMÉRICA-TO

Cruzeiro
Rafael; Diego Renan; Leo, Edcarlos e Everton; Marquinhos Paraná (Leandro Guerreiro, intervalo), Pedro Ken (André Dias, 30min 2ºT), Roger (Gilberto, 28min 2ºT) e Dudu; Ortigoza e Farías.
Técnica: Cuca
América-TO
Fábio Noronha (Eládio, intervalo); Osvaldir, Junior Pereira, Rodrigo Sena e Bruno Barros; Araújo, Luizinho, Kássio (Henrique, 28min 2ºT) e Wellington Bruno; Chris e Leandrinho (Flavinho, 17min 2ºT).
Técnico: Gilmar Estevam

Motivo: Jogo de volta da semifinal do Campeonato Mineiro
Estádio: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 1º de maio, domingo, às 16h (de Brasília)

Gols:
Edcarlos (Cruzeiro), 17min 1ºT
Pedro Ken (Cruzeiro), 21min 1ºT (de cabeça)
Rodrigo Sena (América-TO), 24min 1ºT (de cabeça)
Edcarlos (Cruzeiro), 3min 2ºT
Dudu (Cruzeiro), 27min 2ºT
Ernesto Farías (Cruzeiro), 44min 2ºT

Árbitro: Cláudio Luciano Mercante Júnior (CBF/PE)
Auxiliares: Cleriston Clay Barreto Rios (CBF/SE) e Fábio Pereira (CBF/TO)

Cartão amarelo:
Kássio (América-TO), 21min 1ºT
Marquinhos Paraná (Cruzeiro), 27min 1ºT
Dudu (Cruzeiro), 5min 2ºT
Everton (Cruzeiro), 8min 2ºT

Cartão vermelho:
Bruno Barros (América-TO), 5min 2ºT (direto)

Pagantes: 4.037
Renda: R$ 35.469,43

Nenhum comentário:

Postar um comentário